Psicografia janeiro 2020

“A família, inquestionavelmente, constitui o mais notável núcleo de libertação e de aprendizagem para os Espíritos chegados ao mundo das densas energias, nas atividades da re-novação individual.”

Thereza de Brito, no livro Vereda Familiar, psicografado por Raul Teixeira

“De todas as associações existentes na Terra – excetuando naturalmente a Humanida-de – nenhuma talvez seja mais importante em sua função educadora e regenerativa do que a constituição da família.”

Emmanuel, em Vida e Sexo, psicografia de Chico Xavier

“No pequeno grupo doméstico inicia-se a experiência da fraternidade universal, ensai-ando-se os passos para os nobres cometimentos em favor da construção da sociedade equili-brada.”

Joanna de Ângelis na obra Constelação Familiar, psicografada por Divaldo Franco.

“De modo geral, nas leis do destino, o marido faltoso é aquele mesmo homem que, um dia, inclinamos à crueldade e à mentira.

E a esposa desequilibrada?

(…) é aquela mulher que, certa feita, relegamos à necessidade e à viciação.

E quem são os filhos-problemas?

São aqueles mesmos Espíritos que prejudicamos, desfigurando-lhes o caráter e enve-nenando-lhes os sentimentos”

Emmanuel, no livro Leis de Amor (psicografia de Chico Xavier) que:

“A família vem perdendo as características de santuário, de escola, de oficina moral de aprimoramento, para transformar-se em palco de aflições e disparates sem nome, resultando, diversas vezes, em tragédias dolorosas, em face da insensatez dos seus membros.”

Joanna de Ângelis na obra Constelação Familiar, psicografada por Divaldo Franco.