A LEI DO PROGRESSO MORAL E ESPIRITUAL

A LEI DO PROGRESSO MORAL E ESPIRITUAL

A cada reencarnação o homem ganha mais uma chance divina para

evoluir moral e intelectualmente

A Lei do Progresso é um dos cinco princípios fundamentais que constituem o alicerce do Espiritismo, codificado por Allan Kardec, e tem como base os aspectos, científico, filosófico e religioso. Este progresso pode ser tanto moral quanto intelectual.

Esses dois aspectos da evolução nem sempre avançam na mesma medida. O progresso intelectual do homem pode levar ao progresso moral possibilitando o seu entendimento do bem e do mal, e ao desenvolvimento do livre arbítrio, logo da responsabilidade dos atos.

O progresso do indivíduo se deve, em especial, ao empenho individual, sendo mais rápido para uns enquanto outros ainda permanecem nutrindo atitudes infelizes.

“Porque o filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos;

e então se dará a cada um, segundo as suas obras.”

Jesus

(Mateus, 16:27)

 

 De que maneira o Espiritismo pode contribuir para o progresso?

— Destruindo o materialismo, que é uma das chagas da sociedade, ele faz os homens compreenderem onde está o seu verdadeiro interesse. A ‘vida futura não estando mais velada pela dúvida, o homem compreenderá melhor que pode assegurar o seu futuro através do presente. Destruindo os preconceitos de seita, de casta e de cor, ele ensina aos homens a grande solidariedade que os deve unir como irmãos.

Fonte: O Livro dos Espíritos

As imperfeições da humanidade, como o orgulho e o egoísmo, são capazes de atrasar a sua evolução. No entanto, Deus reserva aos homens um tempo em que eles chegarão à plenitude espiritual, de acordo afirmação presente no livro O céu e o Inferno. Enquanto a humanidade está no processo evolutivo, a suprema felicidade só é compartilhada pelos puros Espíritos, após o progresso em inteligência e moralidade.

Avante

Peregrino da vida e da morte oriundo,

Avança do nascer o pôr do Sol, durante

A evolução sem fim nos carreiros do mundo,

Pela ronda do tempo, a ressurgir constante.

Das sombras da maldade à luz do bem fecundo,

Das ruínas morais ao triunfo pujante,

Aprende pouco a pouco e, segundo a segundo,

Ergue em tudo, a ti mesmo, o teu grito de – Avante! (…)

XAVIER, Francisco Cândido & VIEIRA, Waldo. Antologia dos Imortais.

Autor: Federação Espírita Brasileira

Fontes:

Allan Kardec: O Livro dos Espíritos, questão 785 – comentário.

Allan Kardec: O Livro dos Espíritos, questão 780.

O céu e o Inferno. Primeira parte, cap. 3, item 7, p. 34.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *