COMUNICADO Nº 004 /2020

COMUNICADO Nº 004 /2020

CENTRO ESPÍRITA YVONNE DO AMARAL PEREIRA
COMUNICADO Nº 004 /2020

Considerando o comunicado da FEB de 4 de junho de 2020 que orienta os Centros Espíritas sobre atividades durante a pandemia CONVID-19; a Portaria 38 de 10 de junho de 2020 (Casa Civil); o artigo 5º do Decreto Estadual 35.831, de 20 de maio de 2020 e a Portaria 34, de 28 de maio de 2020 (Casa Civil) sobre o retorno das atividades dos templos religiosos no Estado do Maranhão;

Considerando que a pandemia COVID-19, apesar de estabilizada em nossa cidade, ainda se encontra crescente em todo o Estado do Maranhão, não apresentando sinais significativos de regressão, com alto risco para o público idoso;

Considerando a complexidade de implantação das condições determinadas pelos citados normativos (restrição de acesso de idosos; redução da capacidade de atendimento a 40%; garantia do afastamento mínimo entre pessoas e das condições ambientais de ventilação; redução da duração dos eventos e imposição de intervalos mínimos de duas horas entre eles; obrigatoriedade de fornecimento de EPI’s e manutenção de limpeza intensiva);

Considerando a impossibilidade atual de adequação às medidas de segurança exigidas, que demandam reestruturação significativas do espaço físico deste Centro;

O Centro Espírita Yvonne do Amaral Pereira vem a público comunicar que mantém suspensas, por tempo indeterminado, todas as atividades presenciais realizadas em sua sede na Rua dos Jambos, quadra 69, casa 32, Jardim Renascença, São Luís (MA).

Informa ainda que reavaliará a presente determinação a cada quinzena a partir desta data, na expectativa de poder reabrir as portas o mais breve possível, sem desconsiderar a cautela necessária para essa tomada de decisão.

Salienta que as atividades externas permanecem sendo realizadas em caráter condicional, nos mesmos padrões do comunicado 003/2020, abaixo elencadas:

  1. Casa do Cristo – somente entrega de cestas básicas na residência dos idosos;
  2. Sopão da Tia Yvonne – somente entrega de lanches;
  3. Projeto Mães de Luz – somente entrega de enxovais;
  4. Lanche Fraterno – somente entrega de lanches;
  5. Peregrinações (Jardim América III, Jardim Tropical e Associação Espirita Jesus Gonçalves) – somente a entrega de cestas básicas.
    Relembra que todos os trabalhadores em condições de se voluntariar para as obras beneficentes destinadas aos irmãos necessitados deverão seguir as orientações da OMS para prevenção da COVID-19, entre elas:
    I. Higienização das mãos frequente com água e sabão ou higienizador à base de álcool;
    II. Manter distância de um a dois metros sempre que possível, excetuando-se atendimento ou entrega de material;
    III. Uso de EPI’s (máscara cirúrgica, óculos de proteção ou face shield, avental, luvas e touca cirúrgica). conforme pessoal alvo, tipo de atividade e precaução necessária e
    IV. Desinfecção de superfícies antes e depois do contato com álcool 70% líquido.

Diante das diversas dificuldades enfrentadas, informa que ainda não dispõe dos EPI’s necessários ao contato seguro, estando, então, impossibilitado de fornecê-los aos interessados em comparecer às atividades externas liberadas condicionalmente, motivo este que limita a participação somente àqueles que consigam os seus próprios EPI’s.
Reforça que a participação nestas atividades externas se encontra aberta somente aos trabalhadores já cadastrados, que não façam parte dos grupos de risco e que possuam os EPI’s mínimos demandados aos profissionais da área de saúde.
Diante das circunstâncias, na ausência de condições ideais para a entrega física de cestas básicas à sede do Yvonne, solicita àqueles interessados em fazer doações para os trabalhos beneficentes que destinem o valor correspondente por meio de depósito na conta do CEYAP (CEF, AG 1739, CC 3.613-2, OP 003; CNPJ05.313.893/0001-49), este, por sua vez, responsabilizar-se-á pelas aquisições e entregas.
O YAP se alinha à FEMAR ressaltando “a necessidade de zelo no cumprimento da Lei de Justiça, Amor e Caridade e pelo atendimento às orientações governamentais”, lembrando que “o Espiritismo nos propõe o exercício da fé raciocinada para nosso aperfeiçoamento e o enfrentamento dos desafios”. Pede ainda a FEMAR que os Centros Espíritas, apesar de sua “autonomia para decidir sobre a organização das atividades – presenciais ou virtuais – devem colaborar para a manutenção do bem-estar e da qualidade de vida de todos”.

São Luís, 19 de junho de 2020.
A DIRETORIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *